Blog

Tecnologia Jurídica

Departamento jurídico: como tornar esse departamento em um setor de lucros?

Para que possa participar de maneira ativa das decisões estratégicas da empresa, seu departamento jurídico deve passar por modernização e reorganização.

Por LawVision    |    Dia 16 de setembro de 2019
Departamento jurídico: como tornar esse departamento em um setor de lucros?

Embora os escritórios de advocacia tenham investido em modernização ao longo dos últimos anos, o mesmo não se vê na gestão dos departamentos jurídicos dentro das empresas.

Em linhas gerais, esse setor é visto ainda como oneroso para a companhia, uma vez que não está devidamente integrado nas tomadas de decisão e na geração de lucros. Com os avanços tecnológicos e a integração entre os setores cada vez mais necessária nas empresas, as coisas não deveriam ser assim.

Soluções tecnológicas para redução de custos

São poucos os departamentos jurídicos que fazem uso de softwares específicos para essa finalidade. Na maioria das empresas os processos ainda ocorrem de forma manual, o que torna esses departamentos menos produtivos se comparados a escritórios externos.

Entre as soluções possíveis que os softwares de gestão para departamentos jurídicos podem proporcionar, destacamos aspectos como a automação de documentos, as soluções de análise de dados e os recursos de inteligência artificial, que auxiliam a tornar preditivas certas decisões.

Uma mudança de paradigmas

Vistos ainda como um setor disponível para “contingenciar demandas”, são poucas as empresas que encaram os departamentos jurídicos como um local passível de geração de lucros. É justamente esse paradigma que precisa ser modificado: assim como os demais setores da empresa, todos devem ser orientados para a redução de custos.

Falando especificamente de um departamento jurídico, na prática isso significa proatividade e inteligência. Soluções de automação de processos auxiliam na redução de erros a partir do momento em que padronizam documentos e metodologias.

Com soluções de análise de dados à disposição, os profissionais jurídicos podem se tornar assessores estratégicos dos gestores da empresa. Por fim, o uso de recursos de inteligência artificial reduz o tempo dispendido em cada atividade, reduzindo custos e permitindo que os profissionais dediquem mais tempo a atividades analíticas do que a meras rotinas de execução.

Orientação jurídica para Recursos Humanos

Ainda é grande também o número de empresas que cometem erros ou tomam decisões equivocadas quando o assunto é gestão de Recursos Humanos. Com formação administrativa, nem sempre os profissionais desse setor estão tão familiarizados com a legislação quanto os do departamento jurídico.

É justamente aí que reside uma grande oportunidade de integração. Com orientação jurídica, é possível reduzir custos operacionais e permitir que os gestores planejem melhor as suas despesas. A falta de diálogo entre os setores – que muitas vezes operam softwares e acessam banco de dados completamente diferentes – resulta invariavelmente em aumentos nos custos.

Análise e organização de dados como base de transformação

Ferramentas como o LawVision estão entre as principais soluções disponíveis no mercado para a organização de escritórios de advocacia e departamentos jurídicos de empresas. Isso porque o software de gestão oferece recursos que levam em consideração as especificidades do segmento.

Por meio de dashboards os usuários têm diante de si a plataforma perfeita para cruzar dados e gerar relatórios precisos relacionados a indicadores de produtividade, acompanhamento de processos e possibilidades de ação. Torna-se mais simples tomar decisões assertivas quando se tem uma visão do todo.

Por ser modular, isso faz com que a plataforma seja adaptável tanto para grandes escritórios como para departamentos jurídicos mais enxutos. Além disso ela é escalável: se houver necessidade de incorporar novos módulos, é possível fazê-lo a qualquer tempo sem que haja maiores complicações.

  • Algumas vantagens do LawVision que merecem destaque em se tratando de departamentos jurídicos:
  • Acompanhamento das despesas e receitas, entendendo a sua composição e evolução;
  • Acompanhamento da entrada de novos processos e suas características (análise de tendência);
  • Visualização de indicadores de desempenho comercial, financeiro e operacional.

Se você ainda não conhece as possibilidades que um software jurídico como o LawVision oferece, consulte-nos. O diferencial competitivo que a sua empresa procura pode passar pela gestão profissional do departamento jurídico da sua companhia. 



Solicite uma demonstração