Blog

Novidades do Mercado

Como o Legal Design Thinking pode beneficiar o seu escritório de advocacia?

Entenda como esse conceito pode ser aplicado nas áreas jurídicas em prol do aumento de produtividade e do foco maior no cliente.

Por LawVision    |    Dia 14 de novembro de 2019
Como o Legal Design Thinking pode beneficiar o seu escritório de advocacia?

Você sabia que os conceitos de Design Thinking também podem ser aplicados aos escritórios de advocacia? Se você ainda não conhece o significado desse termo não se preocupe: estamos aqui para explicar.

Os profissionais que seguem essa metodologia têm como características mente aberta, habilidade criativa, espírito colaborativo, curiosidade e flexibilidade para se adaptar a mudanças. 

Embora a área jurídica seja vista como mais “tradicional”, mudanças de paradigma nos últimos anos provam que as inovações tecnológicas têm espaço também neste segmento. Vamos conhecer mais detalhes sobre esses conceitos.

Design Thinking: o que é isso?

Design Thinking nada mais é do que uma metodologia que reúne um conjunto de conceitos que visam criar soluções inovadoras e bem-sucedidas para resolver problemas para os usuários. Em outros termos, é como se os designers tivessem alguns objetivos em mente ao criar um determinado software.

O processo de Design Thinking passa por cinco etapas: Empatia (insights), Definição (foco), Idealização (brainstorm), Prototipagem (construir) e Teste (entrega). Portanto, tanto ferramentas quanto metodologias de trabalho devem observar esses quesitos antes e durante a sua aplicação.

Legal Design Thinking: o conceito aplicado ao Direito

A aplicação desses conceitos ao mundo jurídico recebe o nome de Legal Design Thinking. A ideia aqui é que os profissionais de Direito possam ir além das possibilidades que a tecnologia oferece, buscando meios de se tornarem mais empáticos juntos aos clientes através de soluções criativas e interativas.

No entanto, há que se observar o fato de que esse é um segmento no qual existem muitas regras a serem seguidas. O código de ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é um fator limitador, mas não pode ser visto como um empecilho para o desenvolvimento de certas metodologias. É possível respeitá-lo e, ainda assim, inovar em alguns aspectos.

Essas mudanças passam por muitas áreas. Elas vão desde a utilização de uma linguagem mais acessível nas peças processuais, deixando de lado o “juridiquês”, até a implantação de novas metodologias de trabalho, que utilizem ferramentas de automatização e análise de dados para poupar tempo dos profissionais.

LawVision: sob medida para mudar paradigmas

É visando auxiliar aqueles que buscam a modernização nas suas metodologias de trabalho que o LawVision foi desenvolvido. Trata-se de um software voltado especificamente para escritórios de advocacia e que se destaca por levar em conta as peculiaridades administrativas e financeiras desse segmento.

Com ele é possível automatizar tarefas financeiras e administrativas e ter acesso mais rápido a gráficos completos para análise de dados. Não se trata de uma ferramenta que substitui o profissional de advocacia, mas sim que fornece a ele meios para que possa executar o seu trabalho com mais rapidez e eficiência.

Ao dispender menos tempo em tarefas administrativas ou burocráticas, sobra mais tempo para o profissional se dedicar a funções analíticas dos processos e para o atendimento aos clientes. Portanto, uma mudança de mentalidade precisa vir acompanhada de alternativas práticas que permitam ao advogado modificar a sua rotina de trabalho.

O uso de softwares de gestão é, portanto, não só útil como também cada vez mais necessário. Entre as inúmeras vantagens proporcionadas pelo LawVision, destacamos ainda:

  • Prestação de contas aos advogados associados, detalhando as distribuições do escritório;
  • Acompanhamento das despesas e receitas, entendendo a sua composição e evolução;
  • Acompanhamento da entrada de novos processos e suas características (análise de tendência);
  • Visualização de indicadores de desempenho comercial, financeiro e operacional;
  • Visualização do aging list de ações do escritório, permitindo identificar oportunidades para trabalhar de forma ativa a busca por melhores resultados.

.....

O seu escritório de advocacia está pronto para um sistema de gestão mais moderno e ágil, como foco no atendimento ao cliente e baseado na análise de dados para a tomada de decisão? Se esses conceitos ainda não novidade para você, entre em contato com a nossa equipe de especialistas e descubra quais são as ferramentas que podem auxiliá-lo na era digital.



Solicite uma demonstração